• Menu

Guia Sardenha: Melhores Praias da Sardenha

Guia Sardenha: Melhores Praias da Sardenha

Bem-vindo à Sardenha, onde o sol brilha, o mar é cristalino, e praias que te vão deixar sem dúvida de boca aberta. Prontos para uma viagem inesquecível pelas praias do norte da ilha e a deslumbrante costa di Baunei com o Guia Sardenha: Melhores Praias da Sardenha?!

Nós só estivemos 6 dias na ilha de Sardenha, o que para uma ilha deste tamanho é pouco tempo. Dessa forma decidimos visitar só o norte da ilha. Deixamos-te aqui as melhores praias e dicas com base na nossa experiência na Sardenha. Não percas o Guia Sardenha: Melhores Praias da Sardenha.

Informações práticas sobre a Sardenha

1. Língua:

  • A língua oficial é o italiano. Em áreas turísticas, é comum encontrar pessoas que falam inglês.

2. Moeda:

  • A moeda é o Euro (EUR). A maioria dos estabelecimentos aceita cartões de crédito, mas é aconselhável teres dinheiro em espécie para pequenas transações.

3. Fuso Horário:

  • A Sardenha está no Fuso Horário da Europa Central (CET), que é UTC+1. Durante o horário de verão, muda para CEST (UTC+2).

4. Visto:

  • A Sardenha faz parte da Itália e, como tal, segue as mesmas regras de visto. Se és um cidadão da União Europeia, não necessitas de visto para entrar. Para outros países, verifiqua os requisitos de visto antes de viajar.

5. Saúde:

  • Não há requisitos especiais de vacinação para visitar a Sardenha. É aconselhável teres um seguro de viagem abrangente para cobrir eventuais despesas médicas. Recomendamos-te o seguro da IATI.

6. Clima:

  • A Sardenha tem um clima mediterrânico, com verões quentes e secos e invernos suaves. Recomendamos a usar bastante protetor solar durante os meses de verão.
Cala Moresca
Piscina di Venere

Quando visitar a Ilha da Sardenha?

Praia La Pelosa

A melhor época para visitar a Ilha da Sardenha vai sempre depender dos interesses de cada viajante. No entanto, geralmente, as estações de primavera e outono são consideradas as melhores alturas para explorar a ilha, evitando o alto afluxo de turistas no Verão e os preços absurdos. Aqui estão algumas informações detalhadas:

  • Primavera (abril a junho):
    • Temperaturas amenas, variando entre 15°C a 25°C.
    • A vegetação floresce, criando paisagens coloridas.
    • Muito menos turistas, permitindo-te sem dúvida uma experiência mais tranquila e com as praias quase vazias.
      Melhores preços no alojamento e aluguer de carro.
  • Verão (julho a agosto):
    • Alta temporada com temperaturas quentes, frequentemente acima dos 35°C. (Quando visitamos em Julho esteve sempre acima dos 40ºC)
    • É a melhor altura para encontrares a água quente, no entanto várias praias estão cheias.
    • Época ideal para os amantes do mar e das atividades ao ar livre.
  • Outono (setembro a novembro):
    • Temperaturas agradáveis entre 15°C a 25°C.
    • As praias ainda são agradáveis, e os turistas diminuem.
    • Boa altura para explorar a cultura local, como por exemplo as vilas charmosas de Bosa.
  • Inverno (dezembro a março):
    • As temperaturas são mais amenas, variando entre 8°C a 15°C.
    • Alguns estabelecimentos podem encerrar na época baixa.
    • Ideal para quem procura um ambiente tranquilo e não pretende fazer praia.

Se o teu principal objetivo é desfrutar das praias e do clima quente, sem dúvida que os meses de Junho a Setembro são ideais. Contudo, se preferes evitar as multidões e apreciar a beleza natural da ilha de forma mais serena, a primavera e o outono são escolhas excelentes. Independentemente da época que escolheres, a Sardenha oferece uma experiência única, com paisagens deslumbrantes, cultura e uma culinária deliciosa.

 Quantos dias são necessários para visitar a Sardenha?

Na nossa opinião o número de dias necessários para visitar a Sardenha é sem dúvida 10 dias. A ilha em algumas partes é muito montanhosa, e as viagens de carro podem ser demoradas. Por exemplo de uma ponta a outra em média demoram cerca de 4 a 5 horas. Nós só conseguimos visitar a ilha por 6 dias e achamos muito pouco tempo. No entanto, aqui estão algumas sugestões que podem ajudar-te a decidir o número de dias que vais precisar:

  • Visita Rápida (3-4 dias):
    • Ideal para explorar uma área específica, como a Costa Esmeralda ou a capital, Cagliari.
    • Permite aproveitar as principais atrações, mas com um foco mais limitado.
  • Viagem Padrão (7-10 dias):
    • Proporciona uma experiência mais abrangente, permitindo explorar diversas regiões da ilha.
    • Permite tempo para desfrutar de praias, vilas charmosas, e atrações históricas.
  • Estadia Prolongada (2 semanas ou mais):
    • Oferece a oportunidade de explorares a ilha com calma, descobrir lugares menos turísticos e conheceres todas as melhores praias.
    • Vais conseguir realizar outro tipo de atividades, como trilhos ou visitar cascatas.

A Sardenha é uma ilha com muitas atrações, desde praias deslumbrantes, vilas incríveis, e até vestígios arqueológicos únicos. Independentemente da duração da tua estadia, a Sardenha certamente deixará saudades e com vontade de regressar.

Norte da Sardenha ou Sul da Sardenha?!

Esta é uma questão complicada, tendo em conta que decidimos visitar só o Norte da Sardenha e a Costa di Baunei. No entanto, antes de planearmos a nossa viagem fizemos uma pesquisa profunda e na nossa opinião, se procuras as melhores praias da Sardenha então deves focar o teu itinerário no Norte da Sardenha.

Norte da Sardenha:

  • Costa Esmeralda: Conhecida pelas praias de areia branca e águas cristalinas, é uma área de luxo com resorts elegantes e vida noturna animada.
  • Arquipélago de La Maddalena: Oferece praias remotas espetaculares com água transparente, areia cor de rosa, e um ambiente natural intocado.
  • Alghero: Uma cidade com forte influência catalã, bons restaurantes e praias atraentes.
  • Atividades Aquáticas: Ótimo para praticar desportos aquáticos, como mergulho, etc.
  • Ambiente mais animado: Ideal para quem procura uma atmosfera animada e atividades sociais.

Sul da Sardenha:

  • Cagliari: A capital, rica em história, com uma atmosfera cosmopolita, museus e arquitetura fascinante.
  • Costa Sul e Sudoeste: Praias mais tranquilas, como Chia, e paisagens deslumbrantes, como as dunas de Porto Pino.
  • Arqueologia: Explore sítios arqueológicos fascinantes, como as ruínas nurágicas de Barumini.
  • Culinária: Conhecido pelos pratos tradicionais sardos, como o “porceddu” (leitão assado) e “culurgiones” (massa recheada).
  • Natureza e Tranquilidade: Ótimo para quem procura experiências mais relaxadas, em meio à natureza e longe das multidões.
Cagliari
PeterPan Gelateria

Se procuras glamour, encontrar figuras públicas, as melhores praias e uma vida noturna animada, o Norte é sem dúvida a escolha certa. Se preferes uma mistura de história, cultura, praias tranquilas e experiências autênticas, o Sul pode ser mais adequado para ti. No entanto, se tiveres mais que 2 semanas na Sardenha, sem dúvida que recomendamos-te a visitar a ilha toda.

Como chegar à Sardenha?

A Sardenha é uma ilha italiana localizada no Mar Mediterrâneo, e existem várias opções para chegar até lá.

Na nossa opinião, a forma mais económica e rápida é sem dúvida através de avião. A ilha conta neste momento com três aeroportos internacionais, nomeadamente o de Olbia, no nordeste da ilha, o de Alghero no noroeste e de Cagliari, na capital no sul da ilha. Nós como estávamos em escala no aeroporto de Milão vindos das Seychelles, optamos por voar diretamente de Milão para Olbia.

Em Portugal no momento só o Porto conta com voos diretos para a Sardenha, nomeadamente para Cagliari. No entanto, estão sempre a surgir rotas novas e a qualquer momento pode haver voos de Lisboa. A alternativa que te sugerimos é procurar voos a partir de Milão, com voos diários e económicos para os três aeroportos da ilha.

Como se deslocar na Sardenha

Nós optamos por alugar um carro com a Only Sardinia, e é sem dúvida a melhor opção para explorar a ilha. Dessa forma vais conseguir poupar tempo nas tuas deslocações e aproveitar para conhecer melhor a ilha. Algumas das praias que visitamos reparamos que não eram servidas por transportes públicos, o que torna o aluguer de carro ainda mais essencial.

Na Only Sardinia podes recolher o carro em dois dos principais aeroportos da ilha, nomeadamente o de Olbia (onde nós recolhemos) e o de Cagliari. Recomendamos a reservares sempre com seguro contra todos os riscos, visto que a ilha é muito movimentada durante o Verão e pode acontecer algum imprevisto.

Outra opção que recomendamos em último caso é o comboio. Na última noite tivemos de deslocar-nos de Olbia até Cagliari, visto que o nosso voo de regresso para Portugal partia do aeroporto de Cagliari. Tendo em conta que não nos compensava deixar a viatura noutro local diferente de onde recolhemos o carro, optámos por nos deslocar de comboio até a capital da ilha. A viagem demorou cerca de 3h30 minutos, e pagámos cerca de 36€.

Onde ficar alojado na Sardenha

Tendo em conta que apenas visitamos a ilha por 6 dias, decidimos montar base numa só localidade para evitar perder tempo na deslocação entre alojamentos. Dessa forma a nossa escolha foi um Airbnb, situado em Palau, perto de Porto Cervo, Olbia e do ferry para La Maddalena. Ficamos alojados durante 4 noites por 238.25€ num apartamento privado e perto das principais praias do norte da ilha. Deixamos aqui o link do airbnb que ficamos alojados.

Na última noite ficamos alojados em Cagliari, tendo em conta que o nosso voo de regresso para Portugal partia do aeroporto de Cagliari. Deixamos aqui o link do airbnb em Cagliari.

As melhores cidades para ficarem alojados na Sardenha:

  • Alghero: Perto das praias mais conhecidas de Sardenha, e de vilas incríveis como por exemplo Castelsardo;
  • Stintino: Perto da famosa praia de La Pelosa.
  • Baunei: Região perfeita para explorar o golfo de Orosei.
  • Palau: Ideal para explorar a Costa Smeralda e o arquipélago de La Maddalena.
  • Porto Cervo: Ideal para explorar a Costa Smeralda no entanto com preços mais caros.
  • Cagliari: Ideal para conhecer o sul da ilha.

Melhores praias que visitamos na Sardenha

La Pelosa – A Praia Cartão-Postal:

La Pelosa, a jóia reluzente da Sardenha onde as águas turquesa abraçam as areias douradas. Neste paraíso, a beleza é inquestionável, mas há um senão no verão, a entrada neste paraíso tem um custo. Vamos explorar os encantos de La Pelosa e entender o preço que se paga por um dia no paraíso.

La Pelosa é conhecida como uma das praias mais deslumbrantes da Sardenha, se não do Mediterrâneo. Localizada perto da cidade de Stintino, esta extensão de areia imaculada e as águas cristalinas tornam-na um destino imperdível para os amantes do sol e mar.

O Que Torna La Pelosa Única?
  • Areias Douradas e Mar Turquesa: A praia é famosa pelas suas areias finas e douradas que se estendem até onde a vista alcança, e pelas águas de um azul turquesa hipnotizante.
  • Torre de La Pelosa: No extremo norte da praia, a antiga Torre de La Pelosa oferece uma atmosfera histórica e uma vista panorâmica deslumbrante.

O Preço no Verão: Taxa de Entrada em La Pelosa

Infelizmente, a popularidade de La Pelosa atraiu uma afluência significativa de visitantes no verão, o que levou as autoridades locais a implementar uma taxa de 3,50 € de entrada (preço pode variar) para preservar a beleza natural da praia. Esta taxa destina-se a financiar a manutenção, limpeza e preservação ambiental.

Informações Práticas sobre a Taxa:

  • Valor: A taxa varia, neste momento custa 3.50€ por isso é aconselhável verificares os valores atualizados antes da tua visita.
  • Como Pagar: Normalmente, reserva-se com várias semanas de antecedência online. Quando estes bilhetes esgotam é possível comprar presencialmente no dia mas, os bilhetes são também limitados.
  • Validade: O bilhete é válido por um dia, e os visitantes recebem uma pulseira para indicar o pagamento.

Vale a Pena?

Pagar para frequentar uma praia pode sempre gerar alguma controvérsia, até porque estamos habituados ao contrário em Portugal. No entanto,  a maioria dos visitantes concorda que a experiência única e a preservação deste paraíso justificam o custo. A praia continua a ser um sonho, e a taxa ajuda a garantir que as gerações futuras possam desfrutar dela da mesma forma que nós .

Costa di Baunei

Quando falamos da Costa di Baunei, estamos a falar de uma experiência que vai para lá das palavras. Imaginem-se a conduzir ao longo de estradas sinuosas, com vistas de cortar a respiração a cada curva. As praias desta costa são verdadeiros paraísos da natureza e as que mais gostámos de visitar na Sardenha. Desde a Cala Goloritzé, com a sua água azul-turquesa a fazer lembrar as Maldivas, até a Cala Mariolu, onde os tons de azul também não desiludem.

Mas a Costa di Baunei não é só praias e vistas de cortar a respiração. É também uma viagem ao coração da Sardenha, com aldeias encantadoras como Santa Maria Navarrese e Baunei, onde o tempo parece ter parado e a hospitalidade é bastante calorosa!

No entanto visitar este paraíso não é tão fácil como parece! Muitas das praias só são acessíveis por barco e, as que consegues visitar por um trilho, demoras em média cerca de 2 horas até a praia. Nós fizemos uma tour de 1 dia com a Tortuga Escursioni, com saída do porto de Santa Maria de Navarrese e adorámos todas as praias que visitamos.

Roteiro de 1 dia na Costa di Baunei:
  • 8:00 – Chegada ao porto de Santa Maria Navarrese, onde aproveitámos para tomar o pequeno-almoço.
    9:00 – Início do tour pela Costa di Baunei, onde na primeira parte do tour aproveitámos para ver pontos de interesse, como por exemplo a Pedralonga, spiaggia di Baus, a Grotta dei Colombi, Capo Monte Santo, Portu Cuau e Portu Pedrosu.
  • 10:30 – Primeira paragem do dia para aproveitar a praia, nomeadamente na famosa Cala Mariolu onde ficamos por aproximadamente 1h30 minutos.
    12:00 – Regresso ao barco para irmos em direção á Piscine di Venere onde fizemos uma pequena paragem perto da praia para um mergulho rápido. De seguida, visitamos outra famosa praia, nomeadamente a Cala Luna, para a segunda paragem do dia para aproveitar a praia. Aproveitámos para almoçar e relaxar.
    14:30 – Partida para outra Cala, nomeadamente a Cala Biriala, onde fizemos nova paragem por aproximadamente 1 hora. Se não quiseres visitar a Cala Biriala podes optar por visitar a famosa Grotta del Fico, por um custo de 10€.
  • 15:30 – Regresso ao porto de S. Maria Navarrese, com paragem perto da Cala Goloritzè, onde tivemos oportunidade de mergulhar perto da Cala e tirar algumas fotografias.
  • 17:00 – Chegada ao porto de S. Maria Navarrese. No regresso a casa, aproveitamos para fazer uma paragem na encantadora vila de Baunei onde aproveitamos para comer um gelado e conhecer melhor Baunei.
Praias onde foi filmado o filme da Pequena Sereia

A nova versão do filme “A Pequena Sereia”, lançado em 2023, teve algumas cenas gravadas no exterior, nomeadamente na Sardenha. Esta ilha fantástica foi escolhida como cenário para o remake do filme e as escolhas não desiludiram. Nós tivemos oportunidade de visitar as praias que aparecem no filme e, vamos deixar aqui toda a informação que precisas para as visitares.

Cala Moresca

Na Cala Moresca vais encontrar águas cristalinas e um cenário tranquilo sem multidões. Nesta praia foi onde foi filmada a vila de pescadores do filme da Pequena Sereia. É uma ótima opção para quem procura fugir das praias mais lotadas da Sardenha e desfrutar de um ambiente mais sereno. O acesso para a praia é feito através de um caminho de terra batida, onde podes deixar o carro num pequeno parque de estacionamento. Do parque até a praia demoras cerca de 10 minutos a pé.

Rena Majore

Esta praia foi onde foi filmada a famosa cena da Ariel a sair da água e a subir a rocha. No entanto, esta rocha não faz parte da praia e foi feita de propósito e colocada apenas para as gravações. É uma praia relativamente extensa, o que a torna ideal para longas caminhadas à beira-mar. Em Rena Majore tivemos a sorte de encontrar a famosa areia rosa que se encontra em algumas praias da ilha. Também é sem dúvida uma praia popular entre os locais e os turistas que visitam a região. O estacionamento é pago e a praia enche rapidamente, por isso recomendamos-te a chegar cedo.

Rena di Matteu

Perto da praia de Rena Majore, foi o local onde gravaram as cenas da carruagem junto ao mar, da Ariel e do Príncipe Eric. Esta foi das nossas zonas favoritas da Sardenha, com praias fantásticas e também é um local popular para mergulho e snorkeling devido à sua vida marinha diversificada.

Praias do Arquipélago de La Maddalena

No Arquipélago de La Maddalena (composto por 7 ilhas) vais sem dúvida encontrar praias de sonho, ilhas paradisíacas e atividades que não podes perder. Nós como tínhamos pouco tempo optamos pelo famoso passeio de barco de 7 horas, onde tivemos a possibilidade de conhecer praias fantásticas e ainda tivemos tempo de passear pelo centro de La Maddalena. Esta atividade foi reservada no Get your Guide aqui. Entre Junho e Agosto vais pagar uma taxa entra ao chegares ao barco de 5€.

Em Palau existem vários ferries por dia com destino a La Maddalena. O preço ronda os 50€ por pessoa e, recomendamos-te a reservar online, visto que se decidires comprar no guichet presencialmente podes perder algum tempo nas filas que se formam.

Se tiveres mais tempo que nós na Sardenha, sem dúvida que recomendamos-te a visitar mais ilhas em La Maddalena e a explorar com mais calma o arquipélago. Deixamos aqui o nosso roteiro de 1 dia em La Maddalena e as praias que visitamos.

Roteiro de 1 dia em La Maddalena
  • 9:00 – Chegada ao porto de Palau, onde aproveitámos para tomar o pequeno-almoço.
    10:00 – Início da atividade em direção a La Maddalena, onde o ferrie fez uma paragem para recolher passageiros.
  • 10:30 – Primeira paragem do dia para um mergulho na ilha de Santa Maria.
    11:00 – Paragem na ilha de Budelli, onde aproveitamos para relaxar na Spiaggia del Cavaliere.
    11:45 – Chegamos á famosa Spiaggia Rosa, onde tivemos oportunidade de fotografar a praia com areia cor de rosa, que está em risco de desaparecer.
  • 12:00 – Paragem na Cala Granara, onde aproveitámos para almoçar e tentar relaxar, não fossem os famosos Javalis que habitam esta praia roubar a nossa mochila. Após 1 hora de intensa procura conseguimos encontrar a nossa mochila (já desfeita). Recomendamos que deixem a toalha bem afastada dos javalis.
  • 15:00 – Partida em direção a mais uma paragem para mergulho, nomeadamente a Cala Corsara.
    15:30 – Chegada ao centro de La Maddalena, onde aproveitámos para nos deliciar com os gelados italianos e fazer algumas compras.
    17:00 – Regresso a Palau.

Para os viajantes que procuram uma experiência autêntica e inesquecível na Sardenha, o arquipélago de La Maddalena é sem dúvida um destino perfeito. Com uma beleza natural intocada, praias paradisíacas e um ambiente muito tranquilo, é um refúgio idílico que promete momentos de serenidade e encanto a cada esquina (excepto se encontrares Javalis como nós).

Costa Paradiso

A Costa Paradiso é uma região costeira deslumbrante localizada na parte norte da ilha da Sardenha, em Itália. É conhecida pelas paisagens naturais impressionantes, praias que superam as nossas expectativas e águas cristalinas do Mar Mediterrâneo.

Nesta costa há sem dúvida várias praias encantadoras e paisagens costeiras deslumbrantes. Aqui estão duas das melhores praias da região:

  • Cala Sarraina: Esta praia é conhecida pela sua beleza selvagem. É um local ideal para quem procura uma praia mais tranquila e isolada. As águas cristalinas são perfeitas para mergulho e snorkeling.
  • Li Cossi: Considerada a melhor de Costa Paradiso, Li Cossi é sem dúvida conhecida pela sua areia fina e águas azul-turquesa. Rodeada por falésias impressionantes, esta praia oferece um ambiente verdadeiramente pitoresco.

Vilas a não perder na Sardenha

Além das deslumbrantes praias e das paisagens deslumbrantes, na Sardenha vais encontrar algumas das vilas mais encantadoras e pitorescas do Mediterrâneo. Deixamos-te aqui algumas sugestões de vilas a não perder na Sardenha com este Guia Sardenha: Melhores Praias da Sardenha.

Bosa

Encantadora e pitoresca, Bosa é uma vila situada ao longo da costa oeste da Sardenha. O centro histórico é um labirinto de ruas estreitas e coloridas, dominado pelo Castelo Malaspina do século XII. À medida que percorre as ruas estreitas, irás encontrar casas antigas com fachadas coloridas e pequenas lojas de artesanato local. Não deixes de visitar o Rio Temo, o único rio navegável da Sardenha, oferecendo paisagens encantadoras e a oportunidade de desfrutar de passeios de barco.

Castelsardo

Situada no norte da ilha, Castelsardo é uma vila medieval construída sobre uma colina com vista para o Mar Mediterrâneo. Vais encontrar um castelo do século XII, onde podes encontrar sem dúvida vistas deslumbrantes sobre a costa. Explora as ruas estreitas e sinuosas da vila, onde encontrarás lojas de artesanato local, restaurantes encantadores e vistas impressionantes. Castelsardo também foi palco de várias cenas do remake do filme da Pequena Sereia.

Baunei

Se estás a pensar visitar a Costa di Baunei, então esta é uma vila que não podes mesmo perder. É conhecida pelas suas vistas deslumbrantes sobre o Golfo de Orosei e pelas paisagens naturais intocadas que a rodeiam. A partir daqui, podes explorar a famosa Costa di Baunei, onde vais encontrar as espetaculares praias de Cala Goloritzé e Cala Mariolu, acessíveis apenas por trilhos a pé ou de barco como referimos anteriormente neste guia. Baunei é o ponto de partida ideal para os amantes da natureza e dos desportos ao ar livre, oferecendo uma variedade de atividades, desde caminhadas até passeios de barco pela costa.

A não perder: Se és um amante de café não podes sem dúvida deixar de experimentar o famoso Shakerato, uma bebida italiana preparada com café expresso e cubos de gelo. Na Sardenha encontras esta bebida em praticamente todos os cafés.

Conclusão

Em resumo, a Sardenha é muito mais do que uma simples ilha – é uma experiência que ficou gravada na nossa memória e ficou a promessa que certamente iremos regressar com mais tempo. Com paisagens deslumbrantes, praias de tirar o fôlego e uma rica herança cultural, a Sardenha é um destino que cativa os sentidos e alimenta a alma. Descobre mais destinos como a Sardenha aqui.

Segue-nos nas redes Sociais

🏥 Vamos falar de algo super importante para garantir que a tua próxima aventura é tranquila do início ao fim: o seguro de viagem da Iati Seguros. Porquê Iati, perguntas tu? Bem, deixa-nos contar-te. A Iati não é apenas mais uma seguradora. Aliás, é a tua garantia de que, aconteça o que acontecer durante a tua viagem, estarás seguro. Portanto qualquer emergência relacionada com saúde, este cobre também outros incidentes, como é o caso do roubo, perda ou atraso de bagagem ou a eventual necessidade de cancelar a viagem, etc. Reservem aqui o vosso seguro de viagem e aproveitem o nosso desconto de 5% por serem leitores do blog. A compra deve ser feita através deste link

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *